< Voltar aos artigos
Vinhos

Como se adaptaram os vinhos portugueses a este novo contexto mundial?

Partilhar
Não há setor que, de algum modo, tenha ficado indiferente a esta pandemia mundial. Com os vários países a sofrer fortes danos na economia e com a necessidade de confinamento para se abrandar com a progressão do vírus, foram cancelados milhares de eventos e provas de vinhos presenciais que estavam agendadas um pouco por todo o globo. Em março, o cancelamento da Prowein, um dos grandes certames mundiais para o sector dos vinhos, dava este indício que os vinhos portugueses tinham que criar estratégias alternativas. 

Num setor marcado pelo contacto presencial e pela importância do estabelecimento de parceria comerciais, este tipo de contexto altera a visão dos negócios e faz a "necessidade aguçar o engenho”. 

E, uma vez mais, os portugueses foram um exemplo a dar respostas alternativas. A adaptação de linhas de produção para a criação de produtos de primeira necessidade – tal como álcool gel - a criação de directórios online com os vários produtores nacionais de vinhos ou o desenvolvimento de eventos online são alguns dos exemplos que marcaram estes últimos meses. Espera-se agora, uma possível retoma para o reforço dos negócios!  

O caso da Quinta da Raza

Na Quinta da Raza não cruzamos os braços na adversidade! Aliás, com mais de  250 anos de tradição e na 5ª geração de vinicultores temos como característica intrínseca a resiliência. E num momento em que os vinhos portugueses precisavam de abraçar uma mudança, a Quinta da Raza manteve a sua atividade. 

Apesar de todas as condicionantes e das adaptações necessárias – cumprindo cm todas as regras impostas pela Direcção Geral de Saúde  e das entidades competentes – para garantir a máxima segurança dos colaboradores, das suas famílias e a integridade dos vinhos, a vinha não parou e nós também não!

Durante o período de confinamento, assistiu-se ao brotar dos primeiros gomos que mostram o crescimento a bom ritmo da vinha. Na adega, o trabalho de lavagem das cubas também foi contínuo, para receber o vinho com as condições de higienização necessárias. 

O reforço da comunicação online e o envio dos nossos vinhos diretamente para o domicílio dos clientes foi uma das apostas da Quinta da Raza. Neste período, fortemente marcado pela mudança de hábitos dos consumidores, muitos foram os que encomendaram, pela primeira vez, através dos meios digitais.

O reforço do canal online ficou, ainda marcado, pela abertura da Loja Online Quinta da Raza - disponível desde meados de maio - através do endereço online.quintadaraza.pt e que pretende ser um meio de acesso privilegiado aos nossos vinhos verdes. É lá que pode encomendar diretamente todas as referências do nosso portfólio, sem sair de casa. Já realizou a sua encomenda?